A disfunção eréctil, ou impotência masculina, foi em tempos uma doença estigmatizante que era difícil de discutir com um médico. No entanto, tornou-se muito mais fácil discutir o tema desde a introdução de certos tratamentos. Estes medicamentos têm tido um impacto profundo na vida de muitos milhares de pessoas. É importante ser cauteloso na sua utilização.

Homens de todas as idades podem experimentar "avarias" devido a fadiga, stress, ou outros problemas com o seu parceiro. A disfunção eréctil não é o significado exacto destes ocasionais "apagões". A disfunção eréctil só pode ser diagnosticada se as erecções forem persistentemente instáveis ou ausentes durante as relações sexuais. A disfunção também deve durar mais de três meses.

Experimente natural como o Potencialex, mas antes de ler as suas muitas críticas: Revisões Potencialex.

Quais são os sintomas de disfunção erecila?

A disfunção eréctil é também conhecida como impotência. É a incapacidade de erguer ou manter uma erecção sexual. A disfunção eréctil pode causar uma mudança significativa no seu . A disfunção eréctil pode acontecer em qualquer idade, mas aumenta com a idade. Tensão arterial alta, alta e a depressão são os principais factores de risco.

O que causa a disfunção eréctil?

Há muitas causas de disfunção eréctil.

Razões psicológicas:  A disfunção eréctil também pode ser causada por depressão, problemas de relacionamento, ou uma baixa auto-imagem. Falar com o seu parceiro ou médico, um sexólogo, um psicoterapeuta, ou o seu médico pode ajudá-lo a sair desta rotina. Homens que tenham tido um attack may que a excitação sexual poderia causar outra. Este medo pode manifestar-se como impotência.

cirurgia: A disfunção eréctil pode ocorrer em alguns pacientes que tenham sido operados à próstata (prostatectomia). Estes casos estão a tornar-se menos comuns à medida que a cirurgia está a melhorar.

Outra doença: A disfunção eréctil pode por vezes ser associada a condições como diabetes, tensão alta, ou aterosclerose. A impotência é mais comum em mais de 50 homens com diabetes. Por vezes, perturbações hormonais, tais como uma gota de testosterona, podem causar impotência.

Fumar e beber álcool: Tanto o fumo como o álcool podem diminuir a capacidade sexual.

Medicamentos: Muitos medicamentos podem afectar a capacidade de erguer ou ter um orgasmo. Os medicamentos mais comuns que podem interferir com a erecção ou orgasmo são os prescritos para a tensão arterial elevada ou colesterol, doença cardíaca, depressão, ansiedade, doença de Parkinson, e diuréticos. Não pode deixar de tomar os seus medicamentos por conta própria e esperar ficar mais forte. Pergunte ao seu médico se a disfunção eréctil ocorre dentro de poucos dias ou mesmo semanas após o início de um novo medicamento. O seu médico pode ser capaz de mudar o medicamento, prescrever outro medicamento, ou dar conselhos para melhorar a sua situação. Por vezes, também pode ser prescrito um efeito secundário de disfunção eréctil.

Potencialex Comprar